Home 2022 Fóruns Rebocadores Portuários (Tug Use in Port) Rebocadores de Escolta Responder a: Rebocadores de Escolta

#5497
Felipe Aidar
Mestre

Bom dia Fábio, você deve estar se referindo ao terceiro parágrafo da pg 242, 3a edição.

Contexto: escort por harbour tugs, velocidades de 5 nós ou menos. Se vc não está se referindo a esta passagem por favor especifique qual é o trecho.

1) Não são sinônimos
Forward tug = Tug que atua na proa/ corpo de vante do navio assistido
Aft tug = Tug que atua na popa/ corpo de ré do navio assistido
Bow line = Cabo que sai de um towing point na proa do rebocador em direção ao navio assistido

2) A passagem da pag 242 apresenta duas posições: alheta e popa. Na popa é o rudder tug.

3) Nessa passagem não é cabo longo, o autor cita “at ship’s side”. Rebocadores omnidirecionais utilizam normalmente 1 cabo numa das extremidades. Se for trator reverso/ ASD então é a bow line. Se for trator é apenas 1 cabo mas não é bow line, e sim um cabo que parte da popa do rebocador. Convencionais utilizam 1, 2 ou 3 cabos quando operando no costado.

Os rebocadores que atuam no costado não necessariamente precisam ter cabo passado. Sem nenhum cabo eles poderão realizar push, mas não pull. Para aplicar breaking forces como aft tug será necessário o cabo.