fbpx

Responder a: Dúvida – Questão WMR

#5863
fabio
Mestre

Danillo,

Minha interpretação é que o sistema divergente ganha energia neste ponto chamado CUSP, e continua seguindo a sua direção. A partir deste ponto as transversais perdem altura mais rapidamente do que as divergentes, portanto bem depois deste ponto as ondas divergentes ficam mais proeminentes. Para mim faz sentido pensar que o sistema transversal transfere energia ao sistema divergente nesse ponto, mas isso não está escrito no livro.

“The waves are curved back some distance out from the centerline and meet the diverging waves in cusps, which are the highest points in the system. The heights of these cusps decrease less rapidly with distance from the point than do those of the transverse waves, so that eventually well astern of the point the divergent waves become the more prominent (see Fig. 7). pg 16.”

O autor está explicando o motivo de enxergarmos melhor as ondas divergentes quando olhando de cima o sistema de ondas expandido-se por uma grande área atrás do navio.

A questão que voce levanta sobre as ondas divergentes seram maiores na proa do que nos CUSPs não tem respaldo no livro, o que elas perdem de altura entre a proa e o CUSP é insignificante se comparado ao que elas ganham em altura no CUSP, e por isso a maior altura é no CUSP, e não na proa.