fbpx

Responder a: ARTE NAVAL – CAPÍTULO 12 (atracar com corrente ou vento pela proa)

Home (concurso para prático) Fóruns Shiphandling, Naval Shiphandling e SQUAT ARTE NAVAL – CAPÍTULO 12 (atracar com corrente ou vento pela proa) Responder a: ARTE NAVAL – CAPÍTULO 12 (atracar com corrente ou vento pela proa)

#5713
sandro_peres
Espectador

Fabio,

Em relação ao seu comentário:

“O leme para o cais, na cabeça do autor, funciona por que o navio tem seguimento a ré em relação à água.”

Não consigo enxergar como o navio pode ter seguimento a ré em relação a água.

De acordo com o texto do livro:

“põe-se o leme para o bordo do cais para encostar a popa, e deixase o navio cair com a corrente, agüentado pela espia, e, se for preciso, auxiliado pela máquina.”

A máquina será ligada apenas de preciso. Ou seja, não ligando a máquina teremos apenas o efeito da corrente de proa que fara que o navio tenha um seguimento AV em relação a água. Apenas em relação ao cais que ele estará AR.

Desta forma não consigo entender como o leme voltado para o cais poderia auxiliar a encostar a popa. Me parece que apenas o conjugado de força resultante da corrente de proa e da espia de proa contribui para a popa encostar. O leme voltado para o cais se contraporia a esta tendencia.

Talvez seja uma duvida muito simples, mas realmente não estou conseguindo entender apenas lendo o livro… Comecei a estudar faz 4 semanas.

Sandro Huguenin Peres