Responder a: Aproximação da mono-bóia

#3444
pirata
Participante

Bom dia jiboia,

Cuidado para não confundir a fase de aproximação da boia com a fase do rumo final. Digamos que você chega de uma longa viagem e se aproxima da boia num rumo perpendicular ao rumo final, primeiramente você faz uma grande alteração p/ o rumo final, quando estiver no rumo final, você procura deixar a boia na bochecha de bombordo. Dessa maneira se for necessário dar máquina a ré, eventualmente se mal calculada a aproximação e você for passar a boia, a proa do navio vai para boreste, assim evitando a colisão da proa com a boia.

Se você reparar no livro, pg. 213, o autor fala que você deve manter a boia na bochecha de bombordo. Portanto não devemos nos aproximar, no rumo final, portanto, ao meu ver, alternativa falsa.

O livro também não fala para qual bordo devemos girar para o rumo final, mas, creio eu, que isso varia em função do rumo que a embarcação esta e o rumo final de aproximação, portanto não existe um bordo preferido. Quanto a perda de velocidade ser maior para giro para boreste eu não encontrei nada no livro a respeito, procurei na parte de “HARD LEFT TURN AT 6 KNOTS” e nada! Sabe aonde tem isso?

Espero que tenha ajudado,

Sds.