Responder a: Boundary Layer

#3060

fabio
Mestre

Pirata,

Vou tentar aprofundar essa questão usando o PNA 2010 (que não cai na prova).
Na pg 54 (em anexo), o autor menciona que esta fórmula teorica usada na sua explicação (chamada first order boundary layer theory) se aplica apenas a chapas planas que não perturbam a pressão do fluxo, onde o efeito da espessura do deslocamento pode ser negligenciado. Navios não se enquadram nesse modelo, pois perturbam – e muito – a pressão.

Eu tenho um palpite sobre o que faz o examinador de 2006 (questão 43) ter tanta certeza do aumento da camada limite com a velocidade. Na pg 3 do PNA 1989 voce lê : “This layer is called the boundary layer, and the momentum supplied to the water in it by the hull is a measure of the frictional resistance”. Ora, Momento é massa * velocidade, portando diretamente proporcional à velocidade, já a resistência viscosa é proporcional ao quadrado da velocidade. Para manter a igualdade com o aumento de velocidade (Momento = Resistência) a única possibilidade é aumentar também a massa de água arrastada. Maior massa de água tem que ocupar um espaço maior, portanto o tamanho da camada limite de um navio tem que aumentar com a velocidade, caso contrário para onde estaria indo essa energia ?

  • Esta resposta foi modificada 3 anos, 10 meses atrás por  fabio.
Anexos:
You must be logged in to view attached files.