fbpx

Wave Breaking Resistance

Visualizando 2 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #3077
      ajgurgel
      Participante

      Fábio,
      minha dúvida é em relação ao raio de curvatura da proa, não consegui visualizar bem. Esse raio é o raio de abertura da proa, visto em planta (olhando o navio de cima)? Imagino que quanto maior o raio, mais bojudo é o casco na proa e consequentemente mais propenso a gerar wave breaking.

      O critério de instabilidade de Taylor, diz que para se evitar a WB, devemos atender a seguinte condição para o raio de curvatura, R>= V^2/50. Não entendi bem esse critério, pois quando se fala de raios maiores, imagino proa bojuda e consequentemente wave breaking.

      Poderia ilustrar com uma figura esse raio de curvatura e a relação com o critério de Taylor, quanto maior melhor?

      Antônio.

    • #3081
      fabio
      Mestre

      Antonio,

      Realmente o texto nao explica bem qual seria esse raio, teriamos que ler o artigo original do Taylor, mas tudo indica que se trata do raio de curvatura do fluxo.

      Quanto mais fechada a curva, maior a chance de sair pela tangente. Uso essa analogia.

    • #3095
      ajgurgel
      Participante

      Fábio,

      imagino isso também para evitar ou minimizar o wave breaking, o que implica em um raio menor dado pela proa ao fluxo, ou seja uma proa menos bojuda.

      Não entendi por que nessa passagem do livro ele considera que para não haver este tipo de resistência o raio da proa deve ser maior que a relação na equação de taylor. Acho que neste ponto é decorar mesmo.

Visualizando 2 respostas da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.