fbpx

Tug Use in Port

Visualizando 3 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #5442
      Danillo
      Participante

      Prezados, boa noite.

      Queria saber a opinião de vocês se, quando estudando esta matéria (Tug use in Port), vale a pena “descartar” totalmente ou parcialmente a matéria da versão 2 e apenas focar na versão 3.

      Obrigado!

      Abs,
      Danillo

    • #5443
      fabio
      Mestre

      Danilo,

      Continue com o Tug 2 enquanto esta for a bibliografia sugerida da NORMAM 12.

      Voce não perde nada, pois o Tug 3 apenas acrescenta mais informações.

      Estamos fazendo as video aulas com o Tug 3 por esse motivo, estamos acrescentando informações que podem ou não vir a cair na prova. Por enquanto o livro oficial é o Tug 2. O Quiz e o módulo didático estão restritos ao Tug 2 por enquanto.

      att,

    • #5585
      Diller
      Espectador

      Bom dia , Estudando a parte do TUP sobre lemes especiais em rebocadores convencionais , fiquei com uma dúvida a respeito de uma frase sobre o leme movable flap rudder , o Becker , que diz que alem de ele poder girar no msm ponto quando parado, pode fazer isso com um pouco segmento a ré pois dependendo do leme, ele pode gerar thurst avante e compensar esse movimento a ré. Não entendi muito bem , e nao consegui visualizar muito bem como ele gera thurst a vante , msm o flap podendo girar de 90 a 110 graus . Grato .

      Att,

    • #5592
      fabio
      Mestre

      Diller,

      Tudo que encontrei sobre os flapped rudders foi o trecho abaixo, da pg 16:

      “There are several types of movable flap rudders, such as Becker, Barke, Ulstein, Jastram and Promac Stuwa. At die end of the rudder blade is a movable flap, controlled by linkage, comprising about 20- 30% of the total rudder area. Maximum helm angle differs by type and is about 40-50°. Each type of flap rudder has its own specific characteristics. The flap angle is a function of the helm angle and with a Becker rudder, for instance, it will be about three times the main rudder angle for the lower range and decreasing to a factor of two for the upper range rudder angles. Maximum lift, which is achieved at a rudder angle of approximately 30°, is increased by 60-70% compared with a conventional rudder of the same shape, size and area. Sideways thrust ranges up to 50% of ahead thrust. At maximum rudder angle the propeller stream will, depending on rudder size and balance, be diverted approximately 90°. At speed the vessel can turn very quickly and speed will drop fast. When dead in the water the vessel can nearly turn on the spot. Performance of the rudder when the tug has speed astern is about the same as that of an unflapped rudder. Tugs may have more than one movable flap rudder behind a nozzle.”

      Voce poderia especificar em qual página (ou número do slide do curso) do livro está o trecho que deu origem à sua dúvida?

Visualizando 3 respostas da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.