fbpx

Simulado 25 Q – Rebocadores portuários

Home (concurso para prático) Fóruns Quiz Engine – Questões e Exercícios Simulado 25 Q – Rebocadores portuários

Visualizando 2 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #4791
      wtlcampo
      Participante

      A seguinte alternativa sobre rebocadores portuário foi considerada como incorreta:

      “A existência de um propulsor de passo controlado no navio não reduz a necessidade de rebocadores em todas as fases de manobra”.

      Não pude ler as explicações sobre esta alternativa no Quiz Engine pois a barra de rolagem dos quadros azuis do Simulado 25Q continuam não funcionando (alertei para este fato há algumas semanas).

      Porém, a afirmação me parece correta. Certamente haverá situações ou fases da manobra em que é indiferente o propulsor do navio ser de passo fixo ou controlado para definição de necessidade de rebocadores. Exemplo: Navio parado paralelamente ao cais que precise ser empurrado transversalmente por rebocadores para atracar. Nessa hora, entendo ser irrelevante se o propulsor do navio é de passo fixo ou controlado.

      Pediria, por gentileza, confirmar se a afirmação reproduzida acima está correta ou incorreta. Se estiver incorreta, pediria que indicasse o motivo.

      Abs,
      William

    • #4798
      fabio
      Mestre

      William,

      Eu nao consegui reproduzir a falha reportada na barra de rolagem do simulado 25 em meu computador. Rodando em um MacOS/Google Chrome ou Firefox a barra funciona normalmente. Solicito que voce tente abrir em outro navegador ou smartphone, e me confirme se o problema persiste.

      O feedback para a questão segue abaixo :

      IV – Página 73 – Podemos considerar o propulsor com passo controlado como um destes equipamentos, já que a possibilidade de administrar a velocidade do navio com precisão, sem a necessidade de parar a máquina, mantendo, consequentemente, o governo por mais tempo e, ainda, a certeza de que não haverá uma falha na partida quando precisarmos de máquina a ré, aumenta consideravelmente a segurança, reduzindo a necessidade de rebocadores em todas as fases da manobra.

      Observe que a resposta pode ser outra dependendo da referência bibliográfica. Uma norma da Marinha por exemplo pode não admitir tal redução no uso de rebocadores, mas na prátic, e de forma genérica, como propõe este livro, isso acontece.

      Obrigado pelo feedback e aguardo o retorno sobre a questão da barra de rolagem.

    • #4804
      wtlcampo
      Participante

      Obrigado pelo feedback. Esta é a vantagem de fazer exercícios. Quando a gente só lê o texto, muitos detalhes passam desapercebidos!

Visualizando 2 respostas da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.