fbpx

Quiz engine – cruzamento com outro navio em canal

Home (concurso para prático) Fóruns Shiphandling, Naval Shiphandling e SQUAT Quiz engine – cruzamento com outro navio em canal

Visualizando 2 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #3323
      wtlcampo
      Participante

      Boa tarde, fiquei com dúvida em alternativa da questão abaixo.

      Navegando rio abaixo num canal estreito o prático Resende combina um cruzamento normal, com intenção de deixar o navio que sobe o rio pelo seu BB…O cruzamento deve ocorrer nos próximos 5 minutos. Assinale a opção INCORRETA sobre o que Resende deve fazer, se caso o navio em que ele navega se aproximar muito d banco na margem, e iniciar uma guinada que tende a atravessá-lo no canal….

      (a) Procurar acertar o rumo para navegar paralelo e mais próximo da margem de BE do canal
      (b) …
      (c) …
      (d) Manter a velocidade enquanto controla com o leme apenas a proa do navio
      (e) …

      Não resta dúvida que a alternativa (a) está incorreta, o que, aliás, é que diz o gabarito da questão. Como explicado no livro, não é possível se manter paralelo à margem quando se navega próximo a ela. Quando navegando próximo à margem (em situações que não possa ficar no meio do canal) o navegador deve “keep the ship headed at some small angle away from the bank”.

      Minha dúvida é se a alternativa (d) não estaria errada também (na prova marcaria a (a), por ser mais explicitamente errada, mas como estou estudando acho que vale a pergunta).

      Acredito que o leme nesta situação não seja usado para controlar apenas a proa, como diz a alternativa. Na verdade, me parece que a o autor está sempre preocupado em não deixar a popa se aproximar demais da margem (afinal é a popa que é atraída para a margem), de tal forma que o leme estaria o tempo sendo usado para controlar o que acontece tanto com a proa quanto com a popa (acho que até com mais ênfase na popa).

      Por exemplo, o livro recomenda, num primeiro momento, deixar a proa do navio cair alguns graus para o centro mantendo algum leme em direção à margem e acelerar o motor para aumentar eficácia do leme. Entendo que a recomendação para colocar leme em direção à margem e aumentar giro do motor seja para “empurrar” a popa em direção ao centro do canal, contrabalanceando, desta forma, a atração da popa para a margem por efeito Bernoulli e evitando contato da popa com a margem. O leme definitivamente está sendo usado para controlar a popa e não somente a proa, diferentemente do que diz a alternativa (d).

      Agradeceria se pudessem comentar.

    • #3327
      fabio
      Mestre

      O livro fala em manter um rumo ligeiramente inclinado, se afastando da margem. Bem, o navio nao vai chegar a se afastar, pois está sendo sugado o tempo todo, mas o ângulo deve ser tal que compense exatamente a força de atração do banco, e a resultante seja nula no sentido transversal.

      Posto isso, a resposta para sua pergunta : a unica forma de controlar este ângulo é usando o leme. O navio num canal está em equilíbrio instável, o leme tem que ser constantemente acionado para manter a proa.

    • #3329
      wtlcampo
      Participante

      Obrigado pela resposta. Lendo de novo a alternativa caiu a ficha. Estava lendo proa e entendendo parte dianteira do navio. Então estava achando estranho: ora, o leme controla tanto o movimento da proa quanto a popa, e não só da proa…Como pode o leme só controlar a proa?…

      Mas agora vi que proa na alternativa (d) tem sentido de “heading” e não de parte dianteira do navio, de modo que ela certamente está correta.

      Desculpe-me pela confusão.

Visualizando 2 respostas da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.