fbpx

ondas celestes vs ondas terrestres

Home (concurso para prático) Fóruns Comunicações (EROG) ondas celestes vs ondas terrestres

Visualizando 0 resposta da discussão
  • Autor
    Posts
    • #6953
      sandro_peres
      Espectador

      Face à passagem do EROG (pag 24) abaixo:

      >> MF  as comunicações em MF também dependem da propagação das ondas terrestres, mas com grande redução no alcance em função do aumento do efeito de atenuação na superfície terrestre. Entretanto a propagação em ondas celestes começa a tornar-se significativa, sobretudo à noite, aumentando consideravelmente o alcance.
      Uma estação costeira em MF pode conseguir boas comunicações por voz, em distâncias de até 300 milhas náuticas. Estações de navio, com transmissores menos potentes e arranjos de antenas menos elaborados, podem esperar alcances de comunicações de até 150 milhas náuticas em radiotelefonia e de 300 milhas náuticas em DSC (Chamada seletiva digital)/Telex.
      >> HF  a considerável variação de radiocomunicações em HF é consequência da propagação do sinal ser predominantemente por ondas celestes, tanto à noite como durante o dia. O sinal por onda terrestre ainda está presente, mas atenua rapidamente para um valor desprezível para as comunicações comerciais. A camada D da ionosfera tem pouco efeito nas frequências acima de 4 MHz e a propagação a longa distância é realizada pela reflexão nas camadas E e F. Em termos gerais, quanto mais alta a frequência de HF utilizada, maior o alcance.

      Poderia me dizer o que faz uma onde de determinada frequência ser CELESTE? Porque o LF “começa” a ser celeste e HF já é predominantemente celeste? Uma onda VLF não pode refletir da ionosfera? Porque?

      Sandro

Visualizando 0 resposta da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.