fbpx

Dúvida – MANOBRA

Visualizando 5 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #2446
      vi_fraga
      Participante

      Olá,
      A Regra 9 do RIPEAM (canais estreitos), diz que a embarcação que está sendo alcançada, se estiver com dúvida em relação à manobra do que alcança, PODE emitir sinais referentes à dúvida em intenção de manobra..

      O que fiquei com dúvida:

      1) se o alcançado não concordar, ele faz o que? silêncio ou outro sinal?
      2) se o alcançado estiver com dúvida, também pode ficar quieto… mas, aí como o que alcança pode interpretar isso?

      Conclusão: o silêncio é dúvida ou não concordância com a ultrapassagem?

      Abs

      • Este tópico foi modificado 6 anos, 3 meses atrás por Sierra Pilots.
    • #2473
      vi_fraga
      Participante

      Alguém?

    • #2503

      Olá PRT, vamos lá!

      Quando de uma ultrapassagem, onde o navio “alcançado” precisa manobrar para que a ultrapassagem ocorra de maneira segura, o navio que fará a ultrapassagem precisa combinar a manobra:

      2 apitos longos e 1 curto – pretendo ultrapassar por boreste
      2 apitos longos e 2 cursos – pretendo ultrapassar por bombordo

      O navio alcançado, se estiver em dúvida (não concorda) da viabilidade da ultrapassagem, responderá com

      pelo menos 5 apitos curtos (ou mais) – na Regra 9, item e(i) (http://www.navcen.uscg.gov/?pageName=navRulesContent#rule9), ele aponta para regra 34(d) (http://www.navcen.uscg.gov/?pageName=navRulesContent#rule34) que preconiza os 5 apitos curtos.

      Não existe definição para não resposta da embarcação alcançada. Neste caso, o navio que ultrapassará deverá buscar novamente contato pelo apito ou mesmo o uso do VHF. Em ultima instância, desistir da ultrapassagem, pois quem está ultrapassando sempre será “give-way vessel”, devendo se manter afastada da embarcação alcançada(stand-on vessel).

      Por último, “dúvida” e “não concordância” com a ultrapassagem tem o mesmo efeito e, silêncio deve ser interpretado como “dúvida ou não concordância”.

      Sds.

    • #2534
      ajgurgel
      Participante

      Só complementando, o sinal de dúvida (5C) não é mandatório, numa situação contextualizada pela Regra 9.
      Acho que não tendo resposta positiva (L,C,L,C) do Overtaken, numa enunciado que permita contextualizar a Regra 9, a ultrapassagem não deve ser realizada, S.M.J.

      Agora, caso esta resposta tenha sido dada apenas pelo VHF, a ultrapassagem poderia ser realizada de acordo com a Regra 9 do COLREG? E caso a questão site apenas de acordo com o COLREG, ainda assim poderia ser realizada?

      Cordialmente,
      Antônio.

    • #2536

      Antonio,

      Aqui vai minha opinião, pois não existe embasamento no RIPEAM para responder sua pergunta:

      1) o navio alcançador faria sim a ultrapassagem “na prática”, pois o grande ponto no RIPEAM é a segurança. Como o navio alcançado concordou com a ultrapassagem formalmente, mesmo ele tendo que manobrar para tal (usando o VHF, pois está impossibilitado de usar o apito por alguma razão), não vejo problemas.
      Vale ressaltar mais 2 pontos: 1) O apito existe muito antes da existência do VHF. Inclusive manobras com rebocadores usavam apito antes do VHF 2) Tudo é gravado (som) no passadiço dos navios atualmente (questões legais).

      2) tratando estritamente do RIPEAM, eu optaria por uma resposta de NEGATIVA da ultrapassagem, uma vez que o RIPEAM não aborda o uso do VHF.

      Abs.

      Renato

    • #2541
      ajgurgel
      Participante

      Obrigado Renato,

      concordo com o que você colocou dois posts acima.

      realmente, mesmo se a embarcação alcançada entender o sinal do alcançador (2L/1C ou 2L/2C), caso não concorde pode soar os 5C para negativa da manobra.

      Abraço,
      Antônio.

Visualizando 5 respostas da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.