fbpx

Cristas e Cavados – carta sinótica

Home (concurso para prático) Fóruns Meteorologia Integrada Cristas e Cavados – carta sinótica

Visualizando 7 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #3537
      otimoneiro
      Espectador

      Olá, pessoal…

      Alguém sabe dizer se os cavados e cristas devem ser considerados em alta ou baixa altitudes?

      Pergunto porque no livro o que entendi é que os cavados estarão voltados para o equador, carregando, portanto, massas de ar mais frias.

      Mas, vi algumas cartas sinóticas e deu a entender que poderíamos ter cavados não voltados para o equador ou cristas não voltadas para os polos.

      Então, fiquei com a impressão de que na superfície essa regra não se aplica. É isso mesmo?

    • #3542
      fabio
      Mestre

      Sua impressão é apenas sua impressão. O livro é bastante específico quando define cavados sempre apontando pro equador.

      Quanto ao nível, na dúvida considere tudo ao nível do mar, pois o livro trata de navegação marítima.

    • #3553
      otimoneiro
      Espectador

      Fabio,

      Compreendi bem o conceito do livro, de que cavado aponta para o equador e a crista para os polos. Uma questão teórica blz, acho que safaria.

      Meu medo é se vier uma figura sem especificar sem especificar que se trata de um centro de baixa ou de alta.

      Estou anexando um arquivo com o exemplo de carta sinotica a que me referi. Na figura tem um centro de alta ali pelo Rio Grande do Sul, Argentina e, a meu ver, está apontando para o Equador. Então, seria uma crista apontando para o equador?

      Foi por isso que fiquei inseguro.

      Estou errado?

    • #3554
      otimoneiro
      Espectador

      Não consigo enviar.

    • #3555
      otimoneiro
      Espectador

      É, Fábio… não estou conseguindo anexar.

      De qualquer forma, valeu!

    • #3564

      Para anexar uma figura, “edite” algum de seus comentários acima e anexe a figura.

      Renato

    • #3584
      eduardomelnik
      Participante

      Otimoneiro, sei que a Flávia, que pelo que ouvi falar seria meio que a “pupila” do Valgas, em uma aula dela, teria dito algo sobre essa questão de cristas e cavados não ser bem assim como está no livro.
      De qualquer forma, acho que, pra efeitos de prova, basta decorar que crista é sempre pro polo, e cavado sempre pro equador, e ignorar qualquer imagem que aponte o contrário. Não creio que cobrariam qualquer tipo de interpretação que entrasse em conflito com isso.

    • #3594
      otimoneiro
      Espectador

      Obrigado, Melnik, câmbio!!

Visualizando 7 respostas da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.