fbpx

Coursekeeping in astern seas – efetividade do leme

Home (concurso para prático) Fóruns PNA – Controlabilidade Coursekeeping in astern seas – efetividade do leme

Visualizando 1 resposta da discussão
  • Autor
    Posts
    • #3248
      otimoneiro
      Espectador

      Pessoal,

      gostaria de compartilhar uma pequena dúvida com vocês.

      Na parte de controlabilidade, em relação aos efeitos de corrente no governo, o PNA em um primeiro momento afirma o seguinte:

      “While the effect of corrective rudder action in reducing yaw amplitudes in overtaking seas
      was not shown by Eda and Crane ( 1965 ), this effect would be very smali, because in general, wave excitations exert far larger forces than those that a rudder can exert”.

      Ou seja, pelo que entendi, em overtaking seas (onde a frequencia de encontro é baixa), o uso do leme para corrigir o yaw tem um efeito muito pequeno.

      Mais na frente o PNA diz o seguinte…

      “Computed results obtained at 15 degrees and 30 degrees in following seas are shown on the basis of speed and encounter frequency in Fig. 94. In this case, with L = Lw, and when the encounter frequency is relatively high (we’ = weL/ V > 2), the difference between the oscillatory motions of steered and unsteered ships is insignificant, regardless of rudder motions.

      (…)

      When the encounter frequency is relatively low ( we'< 2), the yaw motion of the unsteered ship becomes extremely large in this region of frequency, rudder effectiveness is greatly increased, and the advantage of steering is clearly indicated.”

      Bom, provavelmente, não captei bem o confronto de idéias.

      Mas, por que em um momento, o uso do rudder tem pouca efetividade em mar de popa com baixa frequÊncia e em um outro momento o rudder passa a ter alta eficácia?

      Obrigado.

    • #3250
      fabio
      Mestre

      São artigos diferentes, dos quais não conhecemos a introdução, o método, os resultados e conclusões. O PNA é um apanhado de artigos acadêmicos, onde o autor cita trechos dos trabalhos diversos supondo que o leitor tem acesso ou mesmo já leu o artigo. Esta aparente contradição provavelmente seria esclareciada se pudessemos ler os dois artigos inteiros.

Visualizando 1 resposta da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.