fbpx

Cap 12 – Guinada dos navios de um hélice, nas manobras

Home (concurso para prático) Fóruns Arte Naval Cap 12 – Guinada dos navios de um hélice, nas manobras

Visualizando 1 resposta da discussão
  • Autor
    Posts
    • #5400
      Danillo
      Participante

      Boa tarde..
      Fiquei com a seguinte dúvida com relação ao capitulo 12 – Arte Naval, com relação a guinada dos navios de um hélice, nas manobras.

      Situação: Navio e Hélice em marcha a ré (saindo do repouso).

      Com Leme a BB:

      1- efeito da Corrente de sucção> Proa BE
      2- efeito da Corrente de descarga do hélice> Proa BE
      3- efeito Pressão lateral das pás> Proa BE
      4- efeito da Corrente da esteira> não exerce influencia no governo
      5- efeito do Leme> Proa BE (quase nulo por estar partindo do repouso)

      Com Leme a BE:

      1- efeito da Corrente de sucção > Proa BB
      2- efeito da Corrente de descarga do hélice > Proa BE
      3- efeito Pressão lateral das pás> Proa BE
      4- efeito da Corrente da esteira> não exerce influencia no governo
      5- efeito do Leme> Proa BB (quase nulo por estar partindo do repouso)

      Essas seriam as forças atuantes na guinada do navio (excluindo corrente e vento) indo Ar e com hélice dando atrás (corrija-me se estiver errado).

      Podemos ver que, na primeira situação (com leme a BB), todas as forças atuantes guinam a proa para BE, com excessão do efeito da corrente da esteira que não teria efeito na guinada.
      Na segunda situação (com leme a BE), temos forças que guinam a proa para BE, e forças que guinam a proa para BB. Geralmente, as forças que guinam a proa para BE predominam.

      Se na situação 1 todas as forças atuam guinando a proa para BE e na situação 2 nem todas elas atuam de forma a guinar a proa para BE, por que, partindo do repouso, a Proa guina “para BE, muito lentamente” quando tem leme a BB, e apenas “para BE, lentamente” com leme a BE (conforme tabela 12-2)?

    • #5401
      Felipe Aidar
      Mestre

      Boa tarde Danilo!

      1) Analisei toda a situação que você descreveu, seu raciocínio não tem falhas.

      2) Abri meu livro de arte naval na tabela 12-2 e havia uma anotação de protesto minha datada de 3 anos atrás exatamente na célula em que diz “proa guina para BE MUITO lentamente”.

      Conclusão:

      Concordo com você, não faz sentido a proa guinar MUITO lentamente para BE com leme a BB e apenas lentamente para BE com leme a BE

      Na minha opinião a tabela não está coerente com o raciocínio desenvolvido no texto/figuras neste ponto específico.

Visualizando 1 resposta da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.