fbpx

Áreas Marítimas de Operação

Home (concurso para prático) Fóruns Comunicações (EROG) Áreas Marítimas de Operação

Marcado: 

Visualizando 4 respostas da discussão
  • Autor
    Posts
    • #2257
      fabiocduarte
      Participante

      Olá Fábio e Renato.

      Lendo sobre DSC, o Erog cita que o Brasil optou por ter apenas estações DSC em HF, sendo portanto, nossa área marítima classificada como A3.

      A definição das áreas marítimas A1 e A2 envolvem, respectivamente, cobertura radiotelefônica VHF e MF, EM QUE UM PERMANENTE ALERTA DSC ESTEJA DISPONÍVEL.

      Como então é possível, na costa brasileira, um navio cumprir as exigências para enquadrar-se nas áreas A1 ou A2, se não há estações DSC em VHF ou MF?

      Entendo, diante do exposto, que qualquer navio na costa brasileira esteja operando na área A3, visto que estamos entre as latitudes 70N e 70S.

      Abs.

      Fábio Duarte

    • #2262
      fabio
      Mestre

      Fábio,

      Por favor, cite a página, para que possamos nos aprofundar.
      O que posso afirmar é que toda estação costeira tem escuta em VHF. Creio que o EROG quis dizer que, o Brasil o optou por manter a escuta DSC em HF, pra garantir que ninguém fique sem socorro em sua area.

      fabio

      • #5283
        santosgus@gmail.com
        Participante

        Fabio (mestre),

        Isso não ficou claro pra mim, na leitura do EROG. E, ainda, na prova de capitão 2016-II, questão 3.13, a banca afirma que o Brasil não possui escuta permanente em DSC-VHF e MF:

        3.13)
        Por não possuir Estações Costeiras com escuta permanente nos canais DSC em VHF e MF, no Brasil a única área de operação do GMDSS é a A3. O serviço que permite a recepção das “Informações de Segurança Marítima” (“MSI” na sigla inglesa) utilizando o sistema INMARSAT, especialmente na área A3, é denominado
        (a) NAVTEX
        (b) SAFETYNET
        (c) COSPAS-SARSAT
        (d) METAREA 10
        (e) AIS SART

        E então? Temos ou não estações com escutas DSC VHF e MF?

        Obrigado pela ajuda.

    • #2265
      fabiocduarte
      Participante

      Olá Fabio.
      A citação está na página 110, sobre estações DSC.
      Nos anexos 16/17 e 18 nas páginas 170/171/172 mostram os estratos das estações em DSC. No Brasil, apenas as 3 estações em HF DSC.Não constam estações em VHF DSC.
      Sds.
      Fábio Duarte.

    • #2287
      fabiocduarte
      Participante

      Olá Fábio.

      Realmente a frase do Erog me gerou confusão.

      Ponto chave perceber que Área A3 independe do HF, por definição! Passou batido!

      Quanto às Estações VHF DSC, a não citação no livro (Fala em 45 estações VHF na Renec, mas não cita o DSC), aliado à ausência de vivência prática, como leigo que sou, corroborou meu devaneio…rs.

      Tudo claro agora.

      Valeu.

      Abs.

    • #5282
      santosgus@gmail.com
      Participante

      Fabio (mestre),

      Isso não ficou claro pra mim, na leitura do EROG. E, ainda, na prova de capitão 2016-II, questão 3.13, a banca afirma que o Brasil não possui escuta permanente em DSC-VHF e MF:

      3.13)
      Por não possuir Estações Costeiras com escuta permanente nos canais DSC em VHF e MF, no Brasil a única área de operação do GMDSS é a A3. O serviço que permite a recepção das “Informações de Segurança Marítima” (“MSI” na sigla inglesa) utilizando o sistema INMARSAT, especialmente na área A3, é denominado
      (a) NAVTEX
      (b) SAFETYNET
      (c) COSPAS-SARSAT
      (d) METAREA 10
      (e) AIS SART

      E então? Temos ou não estações com escutas DSC VHF e MF?

      Obrigado pela ajuda.

      • Esta resposta foi modificada 2 anos, 9 meses atrás por fabio.
      • #5353
        fabio
        Mestre

        Gustavo, vou reformular a resposta, pois consegui ligar na Embratel pra tirar a dúvida. A Embratel não opera o DSC, apesar disso estar escrito no site deles. Segundo eles, quem opera o DSC é a Marinha. Aí liguei na Marinha, e de fato eles não tem DSC para VHF. Portanto uma chamada DSC em VHF na costa Brasileira só vai ser escutada por outras embarcações, mas não vai ser escutada pela RENEC. A Marinha só escuta DSC em HF.

    • #2275
      fabio
      Mestre

      Ok Fabio, agora sabendo as paginas fica mais fácil, vamos lá :

      1 – Sua frase inicial

      “Lendo sobre DSC, o Erog cita que o Brasil optou por ter apenas estações DSC em HF, sendo portanto, nossa área marítima classificada como A3.”

      tem uma palavra sua (em negrito) que não está no livro, e muda completamente o sentido das coisas. Não há relação cartesiana entre a área marítima A3 e o tipo de equipamento usado para garantir a cobertura. O Brasil optou por usar 3 estações em HF por que quis, só isso.
      É o que diz a frase como está no livro : “O Brasil optou por ter estações de HF-DSC, sendo nossa área marítima classificada como área A-3.” .

      Lembre-se da definição de área A3 “Área excluindo as áreas A1 e A2, dentro da cobertura de um satélite geoestacionário INMARSAT, em que um permanente alerta seja disponível. Essa área está aproximadamente entre 70° N e 70° S, que é a faixa de cobertura dos satélites INMARSAT.”

      Uma estação costeira que deseja cobrir determinado espaço dentro da área A3 não precisa obrigatoriamente ter um receptor INMARSAT. Pode faze-lo com o HF, como fez o Brasil, que precisa cobrir apenas a NAVAREA V, que não se extende dos paralelos 70º N ao 70ºS . Já um navio tem que ter o INMARSAT para se habilitar a navegar na A3, pois pode estar em qualquer lugar entre as latitudes 70º N e 70ºS, ao contrário da estaçao costeira que está parada.

      Sobre as pgs 170, 171, 172, elas apenas mencionam estações HF. O Brasil tem dezenas de estações RENEC, todas elas tem VHF

      • Esta resposta foi modificada 6 anos, 5 meses atrás por fabio.
Visualizando 4 respostas da discussão
  • Você deve fazer login para responder a este tópico.