Praticagem no Brasil
#2536

Antonio,

Aqui vai minha opinião, pois não existe embasamento no RIPEAM para responder sua pergunta:

1) o navio alcançador faria sim a ultrapassagem “na prática”, pois o grande ponto no RIPEAM é a segurança. Como o navio alcançado concordou com a ultrapassagem formalmente, mesmo ele tendo que manobrar para tal (usando o VHF, pois está impossibilitado de usar o apito por alguma razão), não vejo problemas.
Vale ressaltar mais 2 pontos: 1) O apito existe muito antes da existência do VHF. Inclusive manobras com rebocadores usavam apito antes do VHF 2) Tudo é gravado (som) no passadiço dos navios atualmente (questões legais).

2) tratando estritamente do RIPEAM, eu optaria por uma resposta de NEGATIVA da ultrapassagem, uma vez que o RIPEAM não aborda o uso do VHF.

Abs.

Renato